O que já vimos até aqui?

Explore e aprenda o que é necessário para ganhar dinheiro no mundo dinâmico do recrutamento.

Quais são os fatores que afetam os salários dos recrutadores?

fatores que afetam o salário dos recrutadores

Descobrir quanto um recrutador ganha não se trata apenas de saber um número. Há vários fatores que desempenham um papel importante na decisão sobre a compensação salarial.

Aqui te apresentamos alguns dos principais elementos que influenciam nos salários dos recrutadores:

1. Localização geográfica do trabalho

Pense em dois recrutadores: um trabalha em São Paulo, outro numa cidade pequena e tranquila. Quem você acha que ganha mais? Normalmente, é o que mora na cidade grande.

Essa variação se deve em razão das diferentes condições econômicas, da procura de talentos e do custo de vida em cada lugar.

2. Mercado e atividade da empresa

O mercado e a atividade específica da empresa também têm um impacto significativo no salário de um recrutador.

Alguns mercados, como o da tecnologia, das finanças e dos cuidados de saúde, são conhecidos por oferecerem remunerações mais altas devido à sua elevada procura de talentos qualificados e à natureza crítica de suas funções.

As empresas destes setores frequentemente alocam mais recursos nos seus métodos de recrutamento, que se revertem em melhores salários para a estrutura de sua equipe.

3. Experiência e nível de competências de um recrutador

Ao decidir trabalhar como recrutador, você pode não ganhar muito dinheiro no começo. Mas à medida que você melhora sua capacidade de encontrar bons candidatos e preencher vagas difíceis, seu valor para as empresas aumenta.

Se você for realmente bom em perceber o que as empresas precisam e a fazer a correspondência disso com as pessoas perfeitas, é provável que você ganhe mais.

Além disso, se atualizar continuamente seu currículo e aprender novas competências de recrutador, você pode se posicionar para obter aumentos salariais e oportunidades mais lucrativas.

Qual é o salário médio dos profissionais de recrutamento?

salários médios dos profissionais de recrutamento

Quando se entra no mundo do recrutamento, rapidamente se percebe que o salário não é igual para todos. Uma calculadora de salários pode te ajudar a entender as variações de pagamentos, as quais dependem do que você faz, desde quando você vem fazendo, e de qual localidade.

Vamos dividir e analisar alguns cargos comuns na área do recrutamento, tendo em conta que esses números podem variar conforme o setor, a dimensão da empresa e sua localização geográfica.

1. Recrutador

a. Nível iniciante: Os recrutadores de nível básico podem esperar ganhar entre US$35.000 e US$50.000 por ano.

b. Nível intermediário: Com alguns anos de experiência, os recrutadores de nível médio observam seus salários saltarem para um intervalo entre US$50.000 e US$70.000 dólares. É aqui que sua rede de contatos e as suas competências aperfeiçoadas ao longo dos anos começam a valer a pena.

c. Nível sênior:Os profissionais experientes de nível sênior podem ganhar salários de US$70.000 até mais de US$90.000 dólares. Nessa fase, o seu conhecimento profundo do processo de recrutamento e sua capacidade de preencher as vagas de forma eficiente são realmente evidentes.

2.Gestor de recrutamento

Os gestores de recrutamento, que supervisionam a estratégia e o dia a dia da equipe, ganham normalmente entre US$75.000 e US$100.000. Esse alcance salarial reflete o impacto significativo que o gestor tem na estratégia de recrutamento de sua empresa.

3. Especialista em Aquisição de Talentos

Se o seu foco é mais a criação de estratégias e a procura de talentos difíceis de localizar, seu papel como especialista em aquisição de talentos pode te render entre US$50.000 e US$75.000.

4. Diretor de Aquisição de Talentos

O Diretor de TA define toda a estratégia de aquisição de talentos da empresa.

Para um papel tão importante, o salário varia entre US$100.000 e US$150.000 dólares ou até mais, especialmente em empresas grandes ou altamente competitivas.

Lembre-se de que esses números são apenas um ponto de partida. Fatores como a localização da empresa, a competitividade do setor e o valor que você pode trazer para a mesa podem influenciar o seu salário.

Além disso, regalias e benefícios adicionais, como pagamento bônus, ações e outros incentivos, podem acrescentar um valor considerável ao seu pacote de remuneração total.

Leia também: Um guia completo para usar o software de Aquisição de Talentos

Como a especialização em recrutamento afeta os salários dos recrutadores?

Lembre-se sempre de que, no setor do recrutamento, o caminho que você escolher e a procura do mercado de trabalho podem influenciar grandemente no seu salário.

Vamos explorar a forma como essas especializações moldam o cenário dos salários dos recrutadores.

1. Recrutamento da área de tecnologia e TI

Escolher se especializar no setor tecnológico é uma decisão estratégica.

Essa indústria está prosperando, com uma elevada procura de profissionais em desenvolvimento de software, cibersegurança e ciência de dados. Os recrutadores que conseguem navegar de forma hábil no panorama tecnológico e conectar as empresas aos talentos certos verão seus salários aumentarem.

A capacidade de combinar os candidatos certos às funções certas, especialmente em centros tecnológicos como Silicon Valley ou Nova Iorque, pode levar a recompensas financeiras substanciais.

2. Setor da saúde

Agora, vamos falar de cuidados de saúde. É um setor que sempre possui demanda porque, bem, a saúde não é algo negociável. Se você é o tipo de recrutador que sabe a diferença entre as várias certificações de enfermagem ou que consegue identificar um cirurgião qualificado a um quilômetro de distância, você tem uma vantagem.

A urgência com que as organizações de saúde precisam preencher postos de trabalho traduz-se muitas vezes numa remuneração atrativa para quem consegue responder prontamente a essas demandas.

Além disso, trabalhar nesse setor oferece a satisfação adicional de contribuir para a saúde e o bem-estar públicos.

3. Pesquisa de executivos

Para aqueles que se sentem atraídos pelo desafio de preencher cargos de alto nível, a pesquisa de executivos oferece uma oportunidade única. Essa especialização envolve identificar e alocar indivíduos em funções de liderança, uma tarefa que acarreta tanto uma elevada pressão como uma elevada recompensa.

O sucesso na procura de executivos requer uma rede de contatos forte e a capacidade de persuadir profissionais de alto calibre a considerar novas oportunidades.

A compensação financeira nesse nicho é frequentemente significativa, refletindo o impacto crítico dessas funções na direção e no sucesso de uma empresa.

Não perca: Software de recrutamento para o setor da saúde: Um guia de A a Z para escolher o melhor candidato!

Quais são as competências e certificações de recrutamento essenciais que todos os recrutadores precisam ter?

1. Proficiência em #RecTech

Em primeiro lugar, dominar o software e as ferramentas de recrutamento mais recentes não é algo negociável quando se trata de competências de recrutamento.

Quer se trate de sistema de acompanhamento de candidatos (ATS), da gestão da relação com o cliente (CRM) ou de outro software para agências de recrutamento, ser adepto dessas tecnologias pode simplificar significativamente o seu processo de recrutamento.

A familiaridade com plataformas de redes sociais e redes profissionais como o LinkedIn é também crucial.

Evite usar as redes apenas para rolar a tela, pois essas são ferramentas poderosas para identificar e interagir com potenciais candidatos.

2. Networking e competências de sourcing

O recrutamento tem tanto a ver com pessoas quanto com processos. Ter uma boa capacidade de fazer networking e um talento para o sourcing de candidatos pode fazer toda a diferença. Trata-se de construir relações, não apenas de preencher cargos.

Quer você esteja numa feira de carreiras, num site de networking ou faça parte de uma comunidade online, cada interação é uma oportunidade para fazer contato com potenciais candidatos ou aprender algo novo que possa te ajudar ou aos seus clientes.

3. Obter certificações profissionais para crescer na carreira

Investir no seu desenvolvimento profissional através de certificações de recrutadores pode ter um impacto significativo na sua trajetória profissional. Veja abaixo alguns cursos que você pode fazer:

  • Consultor de Pessoal Certificado (CPC): Essa certificação concentra-se nas leis e práticas éticas do mercado de recrutamento.
  • Profissional de Pessoal Certificado (CSP): Ideal para quem procura aprofundar seus conhecimentos sobre legislação laboral e empregatícia já que isso se relaciona diretamente com o processo de recrutamento.
  • Estrategista em Aquisição de Talentos (TAS): Essa credencial é perfeita para os recrutadores que procuram melhorar suas competências de planejamento estratégico no campo de aquisição de talentos.

Confira mais certificações aqui:Os 7 melhores cursos de certificação de recrutadores do LinkedIn para melhorar sua qualificação

3 grandes fatores que você deve levar em consideração na negociação salarial

fatores que recrutadores devem levar em consideração na negociação salarial

1. Pesquisa

Antes de falar sobre números, é fundamental que você faça seu dever de casa. Esteja por dentro do salário médio para a sua função no seu setor e região específicos.

Pesquise essas informações em websites como o Glassdoor, LinkedIn Salary, e Payscale . Conhecer esses números não só te ajuda a ter expectativas realistas, como também reforça sua posição negocial, apoiando suas reivindicações com dados.

2. Enfatize aquilo que te dá valor

O que te distingue como recrutador? Talvez seja sua rede de contatos, seu histórico de preenchimento de vagas difíceis de contratar ou sua experiência numa indústria que está em alta.

Esteja preparado para discutir exemplos específicos de seus sucessos e de como eles tiveram impacto positivo para seus empregadores ou clientes.

Destacar o seu valor único pode justificar suas expectativas salariais e ajudá-lo a se destacar no processo de negociação.

3. Não negligencie os benefícios

O salário é apenas uma parte do seu pacote de remuneração total. Não se esqueça de considerar e negociar as regalias que são importantes para você, como acordos de trabalho flexíveis, oportunidades de desenvolvimento profissional ou benefícios de saúde.

Às vezes, esses benefícios adicionais podem melhorar sua satisfação profissional e seu equilíbrio entre vida pessoal e profissional, mesmo que o salário não seja o dos seus sonhos.

Siga esses 8 passos para negociar um salário maior

Trazemos para você um passo a passo para abordar as discussões sobre negociação salarial de forma eficaz e confiante.

1. Prepare-se cuidadosamente

Comece se informando sobre o salário médio no mercado para sua função no seu setor e localização.

Reflita sobre suas competências, realizações e contribuições únicas que você já deu na sua carreira. Esteja preparado para compartilhar exemplos específicos que realcem o seu impacto na sua organização.

2. Escolha o momento ideal

Identifique o momento certo para essa conversa acontecer, por exemplo, após o sucesso de um projeto, durante uma revisão anual ou quando você receber outra oferta. O momento pode influenciar significativamente no resultado.

3. Construa seu case

Faça uma lista com as suas principais realizações, especialmente aquelas que beneficiaram diretamente sua equipe ou empresa.

Destaque quaisquer responsabilidades adicionais que você tenha assumido e, se for importante, quaisquer mudanças no mercado que tenham aumentado a procura pelas suas competências.

4. Tome a iniciativa

Solicite uma reunião com seu gestor(a) ou com o RH para discutir a sua remuneração. Tenha uma abordagem preparada e colaborativa nesta reunião.

5. Comunique seu pedido de forma clara

Indique claramente suas expectativas salariais, fundamentando seu pedido com os dados que você pesquisou. Seja direto, mas mantenha-se aberto à negociação.

Enfatize o valor que você acrescenta à empresa e como um ajuste salarial seria um reflexo das suas contribuições.

6. Considere o pacote completo

Olhe para além do salário. Esteja preparado para negociar outros benefícios que sejam importantes para você, como bônus, tempo extra de férias, acordos de trabalho flexíveis ou oportunidades de crescimento profissional. Além disso, ao considerar suas opções, certifique-se também de que o seu contracheque reflita as condições que foram acordadas, para evitar problemas e mal-entendidos.

7. Pratique suas habilidades de negociação

Faça exercícios de dramatização com um amigo ou mentor para aperfeiçoar suas tácticas de negociação e aumentar sua confiança.

Antecipe as potenciais reações do seu empregador e planeje a forma como você irá reagir a elas de forma eficaz.

8. Follow-up

Após a discussão, envie uma mensagem de agradecimento resumindo os pontos principais e as ações que foram acordadas. Essa etapa ajuda a garantir clareza e responsabilidade para ambas as partes.

Leia também: Estratégias comerciais de recrutamento: 3 passos para comercializar diretamente com os líderes seniores

Modelos de e-mail que recrutadores podem usar para negociar salários em diferentes situações

Modelo 1: Negociando uma nova oferta de emprego

Assunto: Discussão sobre a oferta de emprego – [Your_Name]

Caro [HiringManager’s_Name],

Muito obrigado por me ter oferecido a função de [Position_Name] em [Company_Name] . Estou entusiasmado(a) com a oportunidade de contribuir para a equipe e ajudar a impulsionar a empresa.

Depois de analisar a oferta, gostaria de discutir o salário proposto. Com base na minha pesquisa dos valores do mercado atual para funções semelhantes na nossa indústria e considerando o meu [specific skills/experience/certifications], acredito que um salário de [YourSalary_Request] refletiria com mais precisão o valor que trago para esta posição.

Estou muito animado(a) com a perspetiva de me juntar a [Company_Name] e estou confiante da minha capacidade de causar um impacto significativo. Aguardo ansiosamente a possibilidade de continuar discutindo esse assunto.

Obrigado por considerar o meu pedido. Estou disponível para uma chamada ou reunião quando você preferir.

Com os melhores cumprimentos,

[Your_Name]

Modelo 2: Após uma avaliação de desempenho

Assunto: Follow-up da avaliação de desempenho – Discussão do ajuste salarial

Caro [Manager’s_Name],

Gostaria de expressar meu apreço pela nossa conversa construtiva sobre a avaliação de desempenho. Agradeço seu feedback e o reconhecimento das minhas contribuições para [specific projects or achievements] .Refletindo sobre o nosso debate e tendo em conta as responsabilidades adicionais que assumi, gostaria de voltar a falar sobre o tema da minha remuneração. Com base no meu desempenho e na pesquisa de mercado que fiz para funções com responsabilidades semelhantes, proponho um salário revisto de [YourSalary_Request].

Estou empenhado em continuar crescendo e contribuindo para nossa equipe e acredito que esse ajuste refletirá o valor que trago para [Company_Name].

Obrigado por considerar o meu pedido. Aguardo ansiosamente seus comentários e terei prazer em discutir o assunto quando for mais conveniente para você.

Saudações calorosas,
[Your_Name]

Modelo 3: Assumindo novas responsabilidades

Assunto: Pedido de ajuste de remuneração – novas responsabilidades

Caro [Manager’s_Name],

Espero que esse e-mail te encontre bem. Como discutimos recentemente, estou assumindo novas responsabilidades, incluindo [list new responsibilities], para apoiar ainda mais os objetivos da nossa equipe. Estou entusiasmado(a) com estes novos desafios e com a oportunidade de contribuir de forma mais significativa para o nosso sucesso.

Dada a expansão do meu papel, creio que é apropriado discutir o ajustamento da minha remuneração para refletir estas funções adicionais. Depois de pesquisar os valores padrão para essas responsabilidades dentro da nossa indústria, considero que um salário de [YourSalary_Request] estaria de acordo com o valor que estou agregando na equipe.
Estou profundamente empenhado(a) nos nossos projetos e ansioso(a) por continuar impactando nosso trabalho de forma positiva. Gostaria de poder discutir melhor essa questão e encontrar um caminho mutuamente benéfico.Muito obrigado por considerar meu pedido. Aguardo ansiosamente nossa conversa.

Com os melhores cumprimentos,

[Your_Name]

Você também pode gostar de: 5 modelos de e-mail de rejeição para ajudar a quebrar o gelo [+6 super dicas]

Lembre-se que o recrutamento é uma área dinâmica e não se trata apenas de números; trata-se de conectar o talento certo à oportunidade certa.

Por isso, abrace suas competências e libere todo o potencial de uma carreira de recrutamento magnífica!

Perguntas mais frequentes

1. Porque os recrutadores sempre perguntam sobre expectativas salariais?

Os recrutadores perguntam pelas expectativas salariais para garantir que a sua remuneração prevista está de acordo com o orçamento do cargo para o qual estão contratando.

Essa pergunta também ajuda a perceber sua perceção de valor e se ela está de acordo com os valores do mercado para o cargo.

2. Qual tipo de recrutador ganha mais?

Os recrutadores de executivos, muitas vezes chamados de “headhunters”, são normalmente os que ganham mais dinheiro no mercado do recrutamento. Esses profissionais são especializados na procura de candidatos para cargos de nível sênior e funções executivas nas organizações. Seu elevado potencial de remuneração é atribuído à natureza crítica dessas funções e ao impacto significativo que elas têm para o sucesso de uma empresa.

Os executivos recebem muitas vezes um salário base mais elevado, juntamente com bônus ou comissões substanciais baseadas na colocação bem sucedida de candidatos em cargos de alto risco.

3. Qual o melhor salário para os recrutadores?

Determinar qual o salário ideal para os recrutadores é uma tarefa complexa, dada a variabilidade entre diferentes regiões, setores e níveis de experiência. Nos EUA, os salários médios variam entre US$50.000 e os US$75.000 para quem tem experiência moderada, já os cargos sênior ou de gestão podem atingir os US$80.000 e os US$100.000 ou mais.

Os salários podem variar significativamente, especialmente nas áreas metropolitanas, onde o custo de vida e a concorrência podem levar a ganhos mais elevados.

4. Os recrutadores podem ganhar US$200 mil por ano?

Sim, os headhunters podem ganhar US$200 mil por ano, especialmente os que trabalham em setores com grande demanda, empresas de pesquisa de executivos ou funções que oferecem comissões substanciais pela alocação de candidatos de alto nível.

Recrutadores com forte histórico de alocações bem sucedidas e aqueles que se destacam na procura de candidatos para nichos ou funções altamente especializadas têm mais probabilidades de atingir este nível de remuneração.

Além disso, aqueles que trabalham em regiões com alta procura de candidatos e aqueles que negociam de forma eficaz seus pacotes de remuneração também podem atingir esse potencial de ganhos.

5. Pode-se ganhar um bom dinheiro sendo recrutador?

Certamente muitos recrutadores obtêm um rendimento lucrativo com o seu trabalho. O potencial para ganhar bem é influenciado por fatores como sua experiência, o setor em que você trabalha, os tipos de funções que você desempenha e sua estrutura de remuneração (salário base mais comissões ou bônus).

As pessoas que atingem ou excedem constantemente seus objetivos de alocação e as que se especializam em setores com elevadas faixas salariais podem, em particular, obter um rendimento substancial.

6. Quanto ganham os recrutadores das start-ups?

Os salários dos recrutadores que trabalham para startups podem variar significativamente em função da fase em que se encontra a empresa, do seu financiamento, seu setor e sua experiência.

As empresas em fase inicial podem oferecer salários de base mais baixos, mas compensar com ações ou opções de compra de ações, enquanto as empresas em fase mais avançada, são mais bem financiadas e podem oferecer salários competitivos comparáveis aos das empresas já mais estabelecidas.

Você pode esperar salários base a partir de cerca de US$40.000 a US$60.000 por ano. A compensação inclui frequentemente ações ou opções de compra de ações, que podem aumentar significativamente o valor total se a empresa for bem sucedida.